Aprenda a diminuir o cheiro de maconha, com um vaporizador de ervas | Vaporizador de Ervas

Aprenda a diminuir o cheiro de maconha, com um vaporizador de ervas


Um problema comum entre todos os usuários da cannabis é o cheiro. O cheiro do vaporizador durante seu uso ou depois é um dos aspectos que fazem usuários discretos preferirem essa maneira de consumo.

Como tirar o cheiro de maconha?

Esse post não vai falar sobre como tirar o cheiro de maconha ou cheiro de cannabis do ambiente e sim sobre o cheiro e os vaporizadores de ervas.

Como estamos em um país onde a maconha é ilegal, o cheiro pode levar a denúncias de vizinhos ou outros incomodados. Além disso, com um grande estigma que recai sobre a erva, seu uso pode ser mal visto mesmo por entre aqueles que apoiam a legalização.

Os odores também podem entregá-lo para pessoas que você não gostaria que conhecessem sua utilização. Sejam filhos ou crianças pequenas, conhecidos do trabalho ou quem for.
Por todos esses e muitos outros motivos, é importante ser cauteloso com o odor da cannabis.

É um pouco triste: todos os usuários reconhecem que, depois de começar a usar, passaram a gostar do cheiro. O cheiro, que pode variar de acordo com o tipo, é apreciado como indicador de potência e faz parte da experiência do consumo.

Então o que fazer para lidar com o cheiro do vaporizador de ervas? Como apreciar toda a experiência e ainda ser discreto? Será que os vaporizadores produzem menos odores? Aprenda aqui algumas dicas sobre o odor da cannabis e métodos e produtos para mitigar os odores.

Escrevemos também sobre como preparar manteiga de maconha sem deixar cheiro, não deixe de conferir. 

O que dá o cheiro à maconha?

É importante entender que a Cannabis costuma possuir dois perfis de odores. Antes de sua combustão ou vaporização, o odor possui vários terpenos que produzem cheiros diferentes. Por isso um tipo pode cheirar a limões, outras como mangas e outras como queijo velho ou carne podre.

Mesmo quando possuem perfis de cheiro pungentes (as famosas “skunk”), o nosso cérebro sabe diferenciar se a fonte é a planta ou realmente algo podre ou ruim. Por isso, conseguimos apreciar mesmo esses que seriam odores ruins.

O segundo perfil de cheiro costuma ser mais simples e quase sempre se assemelha aos cheiros das skunk. Isso porque quando os componentes de cheiro da erva se degradam quando ela é aquecida.

O cheiro do vaporizador de ervas é mais fraco que o de um baseado?

A combustão produz uma fumaça mais pesada, agressiva e com um cheiro mais característico de maconha. Essa fumaça também fica impregnada às roupas e tecidos, além de deixar cheiro de queimado nos dedos. Tudo isso pode denunciar o consumo da cannabis rapidamente.
Por outro lado, os vaporizadores produzem um odor mais leve e parecido com o perfil original de seu tipo de erva. Quanto mais baixa a temperatura, melhor você vai sentir o cheiro da sua maconha. Assim, o vapor produzido possui odor.

Acontece que como não passa pela combustão esse odor é mais leve, menos agressivo aos pulmões e se dissipa mais rápido. Para narizes não treinados – ou seja, de quem não é usuário – pode passar imperceptível dependendo do tipo.

Esse odor também não fica impregnado às roupas, tecidos e ambientes, diferente da fumaça produzida pela combustão. Tudo isso permite uma utilização mais discreta da cannabis. Além disso, o cheiro do vaporizador de ervas depende de seu método de aquecimento da erva, a sua temperatura e outras características.

Quais vaporizadores produzem menos odores?

Vaporizador DaVinci IQ

Existem alguns pontos importantes para prestar atenção quanto ao cheiro do vaporizador que você for comprar. Para garantir um cheiro mais agradável, leve e menos agressivo, você vai querer um vaporizador a convecção.

Os vaporizadores a convecção aquecem a erva utilizando apenas ar quente. Isso garante que o produto seja 100% vapor, sem ter risco de que a erva seja queimada em alguma parte. Isso ajuda a dar um perfil mais leve e agradável ao vapor produzido, e ele se dissipa mais rápido. Um ótimo exemplo de vaporizador a convecção é o DaVinci IQ (veja nossa comparação aqui).

Já vaporizadores a condução esquentam a erva a partir de uma superfície quente. Esse contato, além de queimar desigualmente sua cannabis, também pode levar a erva a se queimar em temperaturas mais altas.

Além disso, a temperatura é outro fator a se considerar: Temperaturas mais baixas produzirão mais cheiro, enquanto vapores de temperaturas mais altas possuem menos cheiro e ele também se dissipa rapidamente. Vaporizar em temperaturas mais quentes garante maior potência e menos cheiro e pode ser ideal para situações onde a discrição é necessária.

De qualquer maneira, o cheiro do vaporizador de ervas é muito mais fácil de lidar do que o da combustão de um baseado. E o fato de que você está utilizando um vaporizador  de ervas também está chamando menos atenção em um mundo de vapes de nicotina, e-pens e afins.

O que mais posso fazer para mitigar odores?

PAX 3

Mesmo sendo mais discretos, os vaporizadores sozinhos não resolvem o problema dos odores completamente.

Primeiro, porque a erva que sobra, especialmente se você a guarda, também tem um cheiro pungente. Para lidar com os odores de sua erva já vaporizada, confira o processo de lavagem de avb. Enquanto acumula o bastante para lavá-la, guarde-a em potes com fechamento hermético.

Se você também não quer levantar suspeitas enquanto fuma, pode preferir a vaporização de extratos e óleos de THC. As tinturas de THC, que já explicamos como fazer aqui, podem ser utilizadas em e-pens e vaporizadores de essências.

Já outros extratos, como a “cera”, o óleo e o haxixe, também não possuem o odor característico de cannabis, nem quando consumidos. Se você tem acesso a essas alternativas, procure um vaporizador de ervas que também vaporize extratos, como o Pax 3! Dessa maneira, seu vapor será indistinguível pelo cheiro de qualquer outro vapor de produtos legalizados.

Como disfarçar cheiro de maconha?

Também procure ser cauteloso quanto ao local que está consumindo a erva. Busque lugares arejados, deixa as janelas abertas e não tente disfarçar o cheiro com desodorante! Isso apenas deixará o cheiro mais impregnado ao ambiente. Alternativas melhores são incensos – se acender um incenso não for suspeito para você.

Caso esteja num aperto ou em uma situação especial, também existem produtos específicos para acabar com o cheiro de erva. Sprays como o desodorizador “Brisa”, que podem ser encontrados em algumas lojas físicas e online, acabam com o cheiro da erva imediatamente.

E aí, tem alguma dica de como lidar com o cheiro do vaporizador de ervas? Já passou algum aperto ao ser descoberto? Conte para nós nos comentários!

Posts Recentes