Como lavar a erva vaporizada para tirar o gosto (AVB) | Vaporizador de Ervas

Como lavar a erva vaporizada para tirar o gosto (AVB)


Os vaporizadores de ervas possuem muitas vantagens em relação a fumar diretamente a cannabis. Uma dela é que a erva que já foi vaporizada pode ser reutilizada. No entanto, devido ao seu gosto ruim, a maior parte dos usuários procura um método de como lavar a erva vaporizada.

Lavando a avb podemos retirar parte do mau gosto e limpar a erva de outras impurezas. Como o THC não dilui em água – o que estaremos usando para a lavagem – também não precisamos nos preocupar com perder a potência da erva.

O que iremos fazer para a lavagem?

Depois de “tostada” pelo vaporizador, a erva adquire um gosto ruim, que lembra um pouco gosto de erva queimada. Por isso, para amenizar o gosto, iremos lavar a erva com água (tomando cuidado para não danificar a cannabis) e depois secaremos. No entanto, é importante prestar atenção ao processo de secagem, pois ele utilizará o forno e uma temperatura muito alta iria vaporizar o resto do THC que sobrou.

Recomendamos que todos os usuários aprendam como lavar a erva vaporizada. Em especial, aqueles que pretendem utilizá-la para fazer manteiga de THC (veja como preparar aqui) ou óleo de THC (veja nosso post) devem lavar a erva. Assim, podemos evitar o mau gosto no preparo dos alimentos que vamos consumir.

Lavando a erva

Vamos para o processo de lavagem, então? Como lavar a erva vaporizada é demorado, recomendamos que você se programe e não deixe para realizar a lavagem de última hora. Mas não se assuste, pois o processo é muito simples! Veja a seguir o que você vai precisar.

Lista de itens:

  • Entre 30 e 150g de erva vaporizada
  • Uma panela grande
  • Gaze
  • Uma travessa
  • Um forno

Como lavar a erva vaporizada:

1. Primeiro, abra as gazes em uma superfície lisa.

As gazes tem que ter tamanho o suficiente para acomodar a erva em blocos de 30 a 50g cada, pelo menos. Se você quiser fazer blocos maiores, basta usar uma gaze maior, mas recomendamos fazer múltiplos blocos em vez de apenas um grande. Abra o número de gazes proporcional à quantidade de erva que irá lavar.

2. Depois de abrir as gazes, despeje uma quantidade generosa de sua erva vaporizada sobre cada uma.

Faça um bloco, ou bola com a erva e amarre-a com a própria gaze. O resultado final deve ficar como na imagem abaixo:

3. Agora, abra outra gaze e coloque a primeira gaze amarrada sobre ela, com o nó para baixo.

Nós iremos reforçar nossa bola de erva vaporizada com outra gaze para impedir qualquer vazamento dentro d’água.

4. Encha a sua panela com água.

A temperatura da água deve ser ambiente, sem necessidade de aquecê-la ou refrigerá-la. Você também deve encher com água o suficiente para submergir por completo toda a erva vaporizada.

5. Coloque suas bolinhas dentro da panela.

Para garantir que elas fiquem submersas, você pode utilizar uma tampa menor que a panela em questão, ou outro peso. Do contrário, a lavagem pode não ficar uniforme e prejudicar o resultado final do processo.

6. Agora, deixe descansar.

Apesar de demorado, o processo é muito simples. Você deve deixar a erva submersa até que a água fique turva e suja. Pode levar algumas horas, portanto seja paciente. Quando estiver bastante suja, tire as bolinhas de gaze e jogue a água fora.

7. Drene a gaze, encha a panela com mais água e repita o processo.

Coloque suas bolinhas de gaze sobre papel toalha depois de drenar a água para garantir a absorção do máximo de líquido possível.

8. Depois de drenar a gaze o suficiente, é hora de retornar a erva para a água.

Repetiremos o processo por várias vezes até que a água demore muito para ficar turva, demonstrando que a erva já está limpa. Recomendamos que a erva seja lavada durante 3 dias no mínimo, mas para melhores resultados pode lavar até por uma semana.

9. Quando estiver limpa o suficiente, é chegada a hora de secar a erva.

Pegue sua travessa – certifique-se de que é uma travessa que pode ir ao forno. Abra as gazes com a erva sobre a travessa e espalhe bem, de maneira uniforme. A erva ainda deve estar bem úmida. Forme uma camada de erva ao longo de toda a travessa.

10. Agora, ligue o forno na temperatura mais baixa.

Idealmente, não ultrapassaremos dos 100ºC. Lembrando que é importante não expor a maconha, vaporizada ou não, a temperaturas acima de 155ºC, que é a temperatura que alguns componentes psicoativos da erva, incluindo o THC, começam a vaporizar. Por isso, vamos manter o forno na temperatura mais baixa possível.

11. Coloque a travessa com a erva espalhada no forno.

Mantenha a porta do forno aberta para auxiliar na vazão do vapor de água que vamos extrair da erva, e também manter a temperatura do forno mais baixa. A erva vai ficar no forno por algumas horas, então seja paciente. Você pode saber quando a erva estiver seca pelo toque, mas seja cauteloso com as temperaturas mais altas!

12. Quando a erva estiver completamente seca, tire-a do forno.

Deixe esfriar e cubra a travessa com papel alumínio, colocando no congelador durante a noite. Após algumas horas no congelador a erva pode ser retirada e estará pronta para ser consumida da maneira que preferir!

Precauções e ideias

Agora que sabe como lavar a erva vaporizada, é importante também saber das precauções. Como estaremos deixando a erva molhada e em contato direto com água por muito tempo, existe o risco de ela mofar ou desenvolver outros fungos. Para evitar isso, evite deixar a erva molhada por muito tempo fora de submersão. Além disso, use sempre água limpa e filtrada para o processo, já que não fervemos a água para realizar a lavagem.

Se você quer dicas do que fazer com a erva recém lavada, também podemos ajudar. Você pode transformá-la em manteiga de cannabis ou óleo de cannabis, e utilizá-la em qualquer receita que utilizaria os ingredientes normalmente. Veja algumas ideias de receitas no nosso post!

Conte para a gente como foi o processo de lavagem da erva vaporizada para vocês!

Posts Recentes