Conheça os vaporizadores de mesa | Vaporizador de Ervas

Conheça os vaporizadores de mesa


[et_pb_section fb_built=”1″ admin_label=”section” _builder_version=”3.22″][et_pb_row admin_label=”row” _builder_version=”3.25″ background_size=”initial” background_position=”top_left” background_repeat=”repeat”][et_pb_column type=”4_4″ _builder_version=”3.25″ custom_padding=”|||” custom_padding__hover=”|||”][et_pb_text admin_label=”Text” _builder_version=”3.27.4″ background_size=”initial” background_position=”top_left” background_repeat=”repeat”]

Quando o assunto é vaporizador, automaticamente vem à mente dos usuários os mais populares vaporizadores portáteis. Pela discrição, praticidade e, especialmente, portabilidade, esses são os modelos mais conhecidos no Brasil e no mundo. Mas você sabia que também existem vaporizadores de mesa?

 

Versões mais potentes que os portáteis, existem algumas categorias diferentes de vaporizadores de mesa, que serão retomadas mais à frente. Esses vaporizadores costumam ser mais potentes e oferecem funções que não estão presentes nas versões portáteis.

 

Por outro lado, além de consumir mais energia, precisam estar ligados a uma fonte estável – na tomada. Assim, não podem ser utilizados em qualquer lugar e podem ser pesados para carregar para todo lugar. Que funções esses vaporizadores oferecem que faça isso compensar?

 

Vantagens de um vaporizador de mesa

 

 

Muitas características determinam a qualidade do vapor produzido pelos vaporizadores. Dentre elas, o modo de aquecimento é uma das mais importantes. Vaporizadores a convecção aquecem a erva com ar quente, enquanto vaporizadores a condução aquecem por contato, podendo danificar a erva. É importante lembrar que a erva vaporizada ainda tem seus usos, então mantê-la nas melhores condições possíveis é o ideal!

 

Vaporizadores de mesa, pela sua maior complexidade e tamanho, costumam utilizar tecnologia mais sofisticada e são quase unanimemente produtores de vapor por convecção.

 

Oferecendo muitas opções de vaporização, são excelentes na produção e manutenção da temperatura de seu vapor. Tudo isso permite que o usuário tenha um controle preciso para obter o melhor vapor para suas necessidades. Os compostos de gosto, cheiro e psicoativos da erva têm temperaturas diferentes de vaporização e combustão.

 

Com um controle preciso de temperatura, você pode experimentar e inalar um vapor com melhor cheiro e gosto, ou um mais potente. Muitos vaporizadores de mesa também tem funções de resfriamento com água ou outros métodos, garantindo o conforto para sua garganta e pulmões.

 

Vaporizadores de mesa também conseguem vaporizar mais erva de uma vez só, e de maneira mais uniforme e consistente. Para sessões em grupo e em festas, certamente é a melhor pedida.

 

Quais tipos de vaporizador de mesa existem?

 

Quando o assunto é vaporizadores de mesa, o que mais os define é seu estilo de vaporização. Vaporizadores de mesa podem ser de sistema whip (ou mangueira) ou de sistema balloon (balão). Cada um deles oferece vantagens específicas e pode se adequar melhor às suas necessidades. Confira as vantagens e desvantagens de cada um abaixo.

 

Vaporizadores de mangueira

Arizer V-Tower

Vaporizadores de mesa possuem uma câmara, onde é inserida a erva para vaporização, e mangueiras acopladas para a inalação do vapor. Transformando o THC em vapor através da convecção, o usuário tem controle direto do vapor inalado através da mangueira.

 

A maneira de inalar vapor em um vaporizador de mangueira é muito similar ao uso de um narguilé, já bem inserido na cultura brasileira. Por isso é perfeito para acompanhar uma roda de amigos em casa ou no rolê.

 

Como o vapor vem concentrado e através de uma mangueira, possui bastante densidade. Isso realça o cheiro e sabor do vapor, além de aumentar a potência por cada puxada e o controle do usuário sobre a quantidade consumida.

 

Vaporizadores de mangueira, embora utilizem convecção, esquentam bem rápido e sua erva está pronta para ser inalada em minutos. Por outro lado, esquentar muito rápido pode acabar danificando a erva e seus componentes.

 

Outra desvantagem é que, precisando estar sempre ligado na tomada, um vaporizador de mesa é pouco portátil, só podendo ser utilizado até onde a mangueira alcançar. O transporte pode ser um pouco trabalhoso considerando o peso, as peças e a necessidade de outra tomada para ligá-lo.

 

Um bom exemplo de vaporizador de mangueira é o Arizer V-Tower.

 

Vaporizadores de balão

Vaporizador Volcano

Os vaporizadores de balão funcionam de maneira diferente dos vaporizadores mais comuns. Vaporizando sua erva lentamente, o vaporizador de balão enche uma câmara de plástico ou poliéster com vapor que pode ser inalado aos poucos, por várias pessoas.

 

Esse método de vaporização, apesar de lento – recomendado especialmente para sessões longas e duradouras – oferece o vapor menos nocivo para a saúde, a melhor potência e aproveita melhor todos os componentes de sua erva. Todo o vapor contido no balão também é homogêneo, sem alterações de temperatura ou potência de acordo com a puxada.

 

Outra vantagem dos vaporizadores de balão é que, embora sejam vaporizadores de mesa, o balão pode ser desacoplado. Assim, você pode simplesmente encher o balão e levá-lo para outro cômodo ou utilizá-lo longe do seu vaporizador.

 

Os vaporizadores de balão demoram mais para estarem prontos para vaporização. Devido ao seu método de vaporização, embora aceitem mais erva de uma vez, é preciso esperar o vaporizador encher o balão para começar a utilizar. A parte boa é que você pode encher outro balão enquanto utiliza o primeiro, facilitando e agilizando o processo.

 

Um dos vaporizadores de balão mais famosos é o Volcano. Apesar de seu preço mais salgado, é sem dúvida um dos vaporizadores de maior qualidade de confecção. Com um método de aquecimento inovador, baseado em alumínio, a fabricante alega produção de vapor até 75% mais eficiente que de outros métodos de vaporização.

 

Vaporizadores híbridos

Vaporizador Extreme-Q

Além dos tipos acima, muitos novos vaporizadores de mesa são modelos híbridos. Esses modelos permitem tanto o acoplamento de mangueiras para a inalação direta, quanto de balão para vaporização mais lenta.

 

Sacrificando um pouco da qualidade de vaporizadores dedicados, os vaporizadores híbridos estão cada vez mais sofisticados e eficientes. Os modelos são duráveis e oferecem o melhor dos dois tipos de vaporização!

 

O vaporizador Extreme-Q, da Arizer, é um ótimo modelo a preços ótimos. Oferecendo alta tecnologia, esse vaporizador híbrido é uma boa pedida para quem não consegue se decidir entre os estilos acima.

 

Se você já tem um vaporizador de mesa ou está pensando em comprar um, conte mais para nós! E se ainda está em dúvida de qual escolher, deixe suas perguntas nos comentários.

 

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][/et_pb_section]

Posts Recentes