Perguntas Frequentes (FAQ) sobre vaporizadores de ervas | Vaporizador de Ervas

Perguntas Frequentes (FAQ) sobre vaporizadores de ervas

[et_pb_section fb_built=”1″ fullwidth=”on” _builder_version=”3.3.1″ custom_padding=”0|0px|0|0px|false|false”][et_pb_fullwidth_post_title author=”off” date=”off” comments=”off” _builder_version=”3.3.1″ title_font=”||||||||” title_font_size=”22px”][/et_pb_fullwidth_post_title][/et_pb_section][et_pb_section fb_built=”1″ _builder_version=”3.3.1″ custom_padding=”0|0px|0|0px|false|false”][et_pb_row _builder_version=”3.3.1″][et_pb_column type=”4_4″ _builder_version=”3.3.1″ parallax=”off” parallax_method=”on”][et_pb_text _builder_version=”3.3.1″]Aqui respondemos algumas das perguntas frequentes sobre vaporizadores de ervas. Geralmente quem pensa em comprar um vaporizador de ervas quer saber se o vaporizador deixa cheiro, qual é a garantia de um vaporizador, porque vaporizar é mais saudável do que fumar e outras dúvidas. Confira abaixo a resposta e nao deixe de visitar nossos posts para se aprofundar melhor no assunto. [/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][/et_pb_section][et_pb_section fb_built=”1″ _builder_version=”3.3.1″ custom_padding=”54px|0px|0|0px|false|false”][et_pb_row _builder_version=”3.3.1″][et_pb_column type=”4_4″ _builder_version=”3.3.1″ parallax=”off” parallax_method=”on”][et_pb_text _builder_version=”3.3.1″]

O que é um vaporizador?

[/et_pb_text][et_pb_text _builder_version=”3.3.1″]Um vaporizador é um aparelho eletrônico capaz de extrair os compostos ativos de materiais através de seu aquecimento. Pode ser usado para aquecer ervas secas (também chamadas de essências desidratadas), extratos concentrados e e-líquidos. O aquecimento ocorre até vaporizar seus compostos químicos sem que os mesmos sofram combustão. Os vaporizadores são uma opção mais segura do que o cigarro convencional. Seu uso, a vaporização, permite que as ervas sejam melhores aproveitadas e que seu gosto seja muito mais saboroso. Devido aos problemas de saúde causados pelo cigarro, ou por qualquer fumo por combustão, o vaporizador se tornou a saída para a aromaterapia. [/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][et_pb_row _builder_version=”3.3.1″][et_pb_column type=”4_4″ _builder_version=”3.3.1″ parallax=”off” parallax_method=”on”][et_pb_text _builder_version=”3.3.1″]

Por que vaporizador é mais econômico do que baseado?

[/et_pb_text][et_pb_text _builder_version=”3.3.1″]Geralmente a quantidade de erva consumida em cada sessão de uso do vaporizador é muito menor do que a quantidade usada para enrolar um baseado. Isso faz com que o vaporizador seja muito mais econômico. Além disso, a erva depois de ser vaporizada ainda pode ser utilizada para muitos fins como por exemplo preparar manteigas e óleo. [/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][et_pb_row _builder_version=”3.3.1″][et_pb_column type=”4_4″ _builder_version=”3.3.1″ parallax=”off” parallax_method=”on”][et_pb_text _builder_version=”3.3.1″]

Por que a vaporização é mais saudável que os métodos tradicionais?

[/et_pb_text][et_pb_text _builder_version=”3.3.1″]Em vez de queimar o material, ele é aquecido a uma temperatura inferior, o que lhe permite extrair todos os benefícios que as essências oferecem sem os carcinógenos nem os desagradáveis subprodutos liberados durante a combustão nos métodos tradicionais. [/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][et_pb_row _builder_version=”3.3.1″][et_pb_column type=”4_4″ _builder_version=”3.3.1″ parallax=”off” parallax_method=”on”][et_pb_text _builder_version=”3.3.1″]

Como funciona um vaporizador?

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][et_pb_row custom_padding=”0|0px|27px|0px|false|false” _builder_version=”3.3.1″][et_pb_column type=”4_4″ _builder_version=”3.3.1″ parallax=”off” parallax_method=”on”][et_pb_text _builder_version=”3.3.1″]

O seu funcionamento começa através do aquecimento da câmara, que pode ser de cerâmica, vidro ou ainda aço inoxidável. A câmara é aquecida até que resulte o vapor. A temperatura ideal para a aromaterapia através de essências desidratadas é entre 180ºC e 200ºC.

O vapor é transportado dentro do vaporizador através de um tubo para o bocal/piteira e por fim até a boca do usuário paciente medicinal. O sabor deste vapor é um grande diferencial, não possui gosto de fumaça. Conheça mais aqui na nossa introdução sobre os vaporizadores de erva.

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][et_pb_row _builder_version=”3.3.1″][et_pb_column type=”4_4″ _builder_version=”3.3.1″ parallax=”off” parallax_method=”on”][et_pb_text _builder_version=”3.3.1″]

Quais são os métodos de aquecimento?

[/et_pb_text][et_pb_text _builder_version=”3.3.1″]Os métodos mais usados para aquecimento são a condução e a convecção. No sistema de condução, a essência fica em contato com o sistema de aquecimento, diretamente com a fonte de calor. A transferência de calor acontece através do contato direto com o material. No sistema de convecção o calor passa ao redor da essência, sem contato direto. Normalmente a essência é depositada sobre uma tela/filtro e a transferência de calor acontece através das partículas de ar. A convecção é considerada melhor pois não há contato com as essências, o que preserva sua qualidade e sabor ao longo das sessões. Normalmente os vaporizadores com aquecimento por convecção possuem preço superior. Algumas desvantagens da condução podem ser a combustão do material e o aquecimento desigual. [/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][et_pb_row _builder_version=”3.3.1″][et_pb_column type=”4_4″ _builder_version=”3.3.1″ parallax=”off” parallax_method=”on”][et_pb_text _builder_version=”3.3.1″]

O vaporizador deixa cheiro?

Como escrevemos aqui nesse post a erva não passa pela combustão e isso faz o odor ser mais leve e menos agressivo aos pulmões. Fora que o vapor se dissipa mais rápido. Para narizes não treinados – ou seja, de quem não é usuário – pode passar imperceptível dependendo da strain.

Esse odor também não fica impregnado às roupas, tecidos e ambientes, diferente da fumaça produzida pela combustão. Tudo isso permite uma utilização mais discreta da cannabis. Além disso, o cheiro do vaporizador depende de seu método de aquecimento da erva, a sua temperatura e outras características.

 

Quais são os tipos de vaporizadores?

[/et_pb_text][et_pb_text _builder_version=”3.3.1″]

Vaporizadores Portáteis

São modelos geralmente utilizados para vaporização de essências desidratadas, têm longa durabilidade, o que compensa o alto investimento em modelos mais modernos (como o Pax 2, Pax 3, DaVinci IQ, Arizer, Haze). Como a classificação “portátil já esclarece o entendimento, são modelos pequenos, fáceis de transportar no bolso, bolsa e até mesmo na mão. Se comparado ao modelo caneta (PEN), sua câmara é capaz de maior armazenamento, e a qualidade e sabor do vapor também são superiores.

Não se engane pelo seu tamanho super compacto, os portáteis são extremamente poderosos, são desenvolvidos com a mais alta tecnologia. Possibilitam regular a temperatura de forma precisa e de acordo com o material que irá utilizar. O portátil é a melhor opção para quem quer vaporizar fora de casa com um modelo discreto, de alta performance e longa durabilidade.

Vaporizadores Caneta (Pen)

Funcionam melhor para vaporizar óleos e concentrados (como ceras e extratos), são os menores modelos de vaporizador, o que afeta um pouco a qualidade de seu vapor em relação à um portátil. Não são a melhor opção para essências desidratadas, se o seu uso será focado em ervas secas, é melhor optar por um modelo portátil.

São perfeitos para sessões curtas e individuais fora de casa, por seu tamanho e capacidade.

Vaporizadores de Mesa

São, em geral, modelos grandes e pesados, porém extremamente potentes e eficientes. Sua função geralmente é caseira, não é um modelo fácil de ser transportado. Ideais para sessões em grupo ou de longa duração pois tem grande capacidade de armazenamento e baterias duradouras. O modelo Volcano é um dos melhores do mercado, com certeza conhecido como o clássico dos vaporizadores de mesa. Enquanto os portáteis permitem apenas a vaporização através do bocal, os de mesa são mais versáteis, com opções de balões e mangueiras. Veja mais no nosso post sobre vaporizadores de mesa.

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][et_pb_row _builder_version=”3.3.1″][et_pb_column type=”4_4″ _builder_version=”3.3.1″ parallax=”off” parallax_method=”on”][et_pb_text _builder_version=”3.3.1″]

Os vaporizadores fazem barulho?

[/et_pb_text][et_pb_text _builder_version=”3.3.1″]A maioria dos vaporizadores não faz barulho nenhum. Contudo, algumas das unidades com ventilação forçada (Volcano, Extreme Q, etc.) fazem um leve barulhinho quando os balões estão se enchendo, ou quando o ar passa pelo chicote. [/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][et_pb_row _builder_version=”3.3.1″][et_pb_column type=”4_4″ _builder_version=”3.3.1″ parallax=”off” parallax_method=”on”][et_pb_text _builder_version=”3.3.1″]

O vaporizador tem garantia?

[/et_pb_text][et_pb_text _builder_version=”3.3.1″]Para cada vaporizador, o período de garantia vai depender da política de garantia do fabricante. A maioria dos nossos vaporizadores tem pelo menos um ano de garantia. [/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][/et_pb_section][et_pb_section fb_built=”1″ _builder_version=”3.0.47″ custom_padding=”0px|0px|54px|0px”][/et_pb_section]