Qual o melhor vaporizador de ervas? Análise do vaporizador Sticky Brick [VIDEO] | Vaporizador de Ervas

Qual o melhor vaporizador de ervas? Análise do vaporizador Sticky Brick [VIDEO]


Já escrevemos no passado sobre os vaporizadores de madeira inclusive os vaporizadores Sticky Brick e hoje vamos entrar a fundo em um dos modelos chamado HydroBrick Maxx porém a experiência de uso de quase todos os modelos é bem similar.

HydroBrick Maxx

O HydroBrick Maxx é um vaporizador de convecção (o ar quente passa pela erva no caminho e vira vapor que chega até a boca – aqui tem outros vaporizadores de convecção e aqui também) relativamente grande e com bastante acessórios e peças de vidro que o acompanham.

O tamanho e os acessórios não muito práticos de vidro fazem ele ser considerado mais um vaporizador de ervas de mesa do que um vaporizador de ervas portátil.

Vaporizar direto do brick ou usar um bong?

O HydroBrick Maxx vem com dois acessórios que permitem usa-lo de forma a tragar diretamente do vaporizador ou usar um adaptador com mangueira que se conecta a um water pipe ou bong.

Qualidade do vaporizador

O vaporizador HydroBrick Maxx assim como todos os modelos da Sticky Brick labs é um aparelho bem construído com muita qualidade que é feito para durar muito tempo.

Existem peças de vidro como a piteira ou a entrada por onde se coloca o maçarico para aquecer a erva que podem quebrar mas todos os vidros que vem no HydroBrick Maxx são bem grossos e de qualidade também.

vaporizador HydroBrick Maxx

Como se controla a temperatura no vaporizador Sticky Brick?

Quando se usa um maçarico a temperatura depende da distância do fogo até a erva e também da força em que se liga o fogo (grande parte dos maçaricos tem um controle do quanto de gás eles liberam quando se acende).

Ou seja, a distância na qual se coloca a chama em cima do vaporizador vai influenciar muito na quantidade de vapor e até mesmo se você vai queimar a erva ou não.

Enfiar muito a chama do maçarico pelo vidro onde se aquece a erva geralmente não é uma boa ideia pois faz a erva esquentar muito rápido e arrisca a combustão que queremos evitar quando estamos vaporizando.

Analise do vaporizador Sticky Brick

Como se usa o vaporizador?

O Sticky Brick precisa de um isqueiro ou maçarico carregado com gás para aquecer a erva de um lado e se puxar pelo outro lado. Aqui vai um vídeo demonstrando como se dá um pega quando se usa o Sticky Brick.

Conclusão – vale a pena comprar um Sticky Brick HydroBrick Maxx?

1 – Portabilidade – o Sticky Brink não pode ser considerado um vaporizador portátil por ser bem pesado e grande e além disso seus acessórios são todos de vidro fazendo com que a fragilidade das peças dificulte a mobilidade.

2 – Discrição – nada discreto pois além de ser grande e robusto se esquenta a erva para produzir vapor com uma tocha. Porém se considerado um vaporizador de ervas de mesa que é usado em casa não importa muito não ser discreto

3 – Sabor do vapor – vapor bem saboroso que ainda fica saboroso depois de algumas vezes esquentar com a tocha (o Dynavap por exemplo já na segunda esquentada o sabor perde muito) – nota 9/10

4 – Quantidade de vapor (nuvens) – um dos vaporizadores que se pode criar as nuvens mais densas de vapor – nota 10!

5 – Acessórios – existe a piteira de vidro, o adaptador para bong ou water pipe, tem também muitas outras pequenas peças como um tubo para guardar ervas, tampa para deixar o ar entrar ou não etc.

6 – Bateria – os vaporizadores Sticky Brick funcionam sem bateria e a forma que se aquece a erva é com isqueiro ou maçarico de butano, ou seja, não existe a importância de se carregar a bateria todo dia porém sim é importante ter em casa gás para refil do isqueiro ou maçarico de butano

7 – Facilidade de usar – se tem um ponto em que os vaporizadores Sticky Brick não são simples é a forma de utilizar. Apesar de ser fácil colocar e tirar a erva, o processo de abri-lo envolve mexer com um monte de peças de vidro e o descuidado pode sair caro. Dar “um pega” ou um “hit” nele também é um ato que demanda um aprendizado e experiência com o maçarico pois por um lado pode-se chegar a queimar a erva (combustão) e por outro lado mesmo não queimando demanda uma experiência para se chegar na extração, sabor e quantidade de vapor ideal

8 – Facilidade de limpar – no Sticky Brick a erva entra em somente um compartimento e depois de tirar as peças de vidro é bem simples de jogar a erva em um recipiente para guardar (não deixe de guardar a erva vaporizada, existem muitos usos para ela). É simples de se limpar o vaporizador, somente se tira a rede de ferro e passar álcool nos vidros (outra opção é preparar stem milk com os vidros).

Seguem abaixo mais fotos desse vaporizador tão peculiar e que trabalha com muito poder e economiza erva.

Ao mesmo tempo, o vaporizador HydroBrick Maxx propicia um maravilhoso sabor e nuvens muito satisfatórias.

Conclusão sobre o Vaporizador

1 – Portabilidade – pode-se levar o vaporizador para qualquer lugar. 10/10
2 – Discrição –Pequeno e sem luzes. 9/10
3 – Sabor do vapor – um dos vaporizadores com vapor mais interessante que provamos devido ao sistema de aquecimento – nota 9/10
4 – Quantidade de vapor (nuvens) – se puxar durante alguns segundos (mais do que 5, 6 segundos) se pode criar nuvens bem densas de vapor. 9/10
5 – Acessórios – contém acessórios oficiais. 8/10
6 – Bateria – Utiliza maçarico, com boa duração. – nota 10/10
7 – Facilidade de usar – muito simples, o vaporizador possui apenas alguns botões intuitivos. 9/10
8 – Facilidade de limpar – pelo fato da erva somente entrar no vaporizador pela piteira, fica bem simples de se limpar o vaporizador fazendo com que seja um dos vaporizadores de erva mais simples de se limpar. 10/10

Para mais análises de vaporizadores clique aqui

Posts Recentes