Conheça os Cartuchos de THC | Vaporizador de Ervas

Conheça os Cartuchos de THC


Atenção: Escrevemos aqui sobre as ultimas notícias de lesão pulmonar causada por cartuchos de THC. Recomendamos ler antes de consumir THC liquido principalmente sem saber de onde vem o produto.

(UPDATE) Preparamos um guia de como preparar Líquido de THC. Veja aqui

Com a recente onda de legalização em várias partes do mundo, a tecnologia de consumo da cannabis avançou rapidamente. Dentre muitos produtos, os cartuchos de THC estão entre os mais populares do momento. Conheça aqui um pouco mais sobre os vaporizadores de cartucho, a diferença entre os tipos de extratos e muito mais!

O que são vaporizadores de cartucho?

Pax Era

Os vaporizadores clássicos, de erva desidratada, já foram o foco de vários dos posts do site. Esses vaporizadores funcionam esquentando a erva até o ponto da vaporização de seus componentes, que podem ser então inalados pelo usuário. Normalmente, vaporizadores de erva não são compatíveis com cartuchos, extratos e nem concentrados como haxixe e afins.

Já vaporizadores de cartucho possuem apenas uma bateria, para realizar o aquecimento do extrato, e a entrada para o cartucho. A simplicidade do dispositivo faz com que o preço desses vaporizadores seja bem baixo. Assim, com vaporizadores de menos de cem reais, o único custo serão os cartuchos de THC.

Essa forma de vaporizar também oferece algumas vantagens sobre a vaporização tradicional. Isso porque os cartuchos de THC permitem controlar melhor a dosagem e não apresentam o tradicional cheiro da cannabis. Aliado ao tamanho minúsculo dos vaporizadores de caneta, vaporizadores de cartucho são uma maneira discreta de consumir erva.

Perfeito para usuários iniciantes, a única dificuldade pode ser encontrar os cartuchos. Explicarei aqui cada tipo de cartucho existente e que características precisamos ficar atentos quanto aos cartuchos de THC.

Compatibilidade dos cartuchos de THC

Diferentes tipos de cartuchos de THC

Existem três tipos principais de vaporizadores de caneta – ou de cartucho – que podemos descrever de acordo com o formato do cartucho utilizado.

O primeiro tipo seria o dos vaporizadores de cartucho tradicionais. Esses vaporizadores compartilham um formato padrão de cartucho, chamado de 510, e por isso costumam ser compatíveis com praticamente qualquer cartucho do mercado. Para garantir o acesso à maior variedade de cartuchos de THC, um vaporizador desses é ideal. Um exemplo de um bom vaporizador de cartucho é o Hermes 2. Para um modelo ainda mais compacto, o Yocan Stix é uma boa pedida. Ambos estão na faixa dos R$100.

Os vaporizadores descartáveis funcionam de maneira muito parecida. A diferença é que vaporizadores descartáveis já vem com um cartucho acoplado à caneta, e bateria suficiente apenas para esse cartucho. Após o uso, deve ser descartado e não há formas de recarregá-lo como nos vaporizadores de cartucho tradicionais. Esse tipo de vaporizador é um pouco mais barato (comparando o custo da caneta + cartucho) e é perfeito para ocasiões especiais, viagens e situações afins.

Mas para quem está procurando uma experiência diferente da tradicional, existe ainda outra opção. Algumas grandes fabricantes como a Pax possuem suas próprias linhas de vaporizadores de cartucho e cartuchos de THC. O Pax Era oferece maior controle e customização da experiência de vaporização através de seu aplicativo especial para celular que ajuda a controlar o vaporizador. Esses vaporizadores específicos são chamados vaporizadores proprietários.

No entanto, vaporizadores proprietários não são compatíveis com os cartuchos padronizados 510. Isso significa que a variedade e disponibilidade de cartuchos de THC pode ser prejudicada para alguns usuários. Ainda assim, modelos populares como o da Pax possuem um grande número de produtores de seus cartuchos proprietários.

Além do formato e compatibilidade dos cartuchos de THC, eles também se diferenciam pelo seu conteúdo. Aprenda mais sobre o conteúdo, potência e mais características interessantes de cartuchos para vaporização.

CO2 ou Destilado? Qual a diferença?

Óleo destilado de THC

O conteúdo interno de um cartucho para vaporização pode variar. Dois processos de extração principais são utilizados para transformar a cannabis em óleo de THC, com resultados diferentes. Para poder ser vaporizado, o óleo dos cartuchos de THC devem possuir a viscosidade certa, e as fabricantes encontram diferentes maneiras de atingí-la.

Os cartuchos de destilados possuem um óleo obtido através da destilação da planta da maconha. Quando finalizado, esse óleo chega a altíssimos níveis de pureza de THC, ultrapassando os 99% de sua composição. Como todos os componentes que dão cheiro ou gosto à erva foram separados desse óleo, ele é completamente inodoro. Para atingir a viscosidade exata para o cartucho, as fabricantes utilizam tíner especial para esse tipo de óleo – que não tem nada a ver com o tíner de tintas a não ser o nome.

Os cartuchos de THC produzidos pelo método de extração em CO2, por sua vez, ainda retém algumas propriedades da planta. Como esse método de extração conserva os terpenos da cannabis, cartuchos com esse tipo de óleo ainda possuem características do tipo de erva utilizada. Por isso, o vapor ainda terá gosto e cheiro, o que pode não ser tão discreto, mas é muito mais saboroso! Além disso, esses componentes são utilizados para dar a viscosidade perfeita ao óleo de THC, dispensando a utilização de tíners como nos cartuchos de destilados.

Escolhendo os efeitos desejados

Como comprar um vaporizador- Vaporizador de ervas

Não é segredo que diferentes tipos de maconha produzem efeitos diferentes em seus usuários. Além da tradicional divisão indica-sativa, os diferentes componentes da planta também agem diferente no corpo. Com isso em mente, os cartuchos costumam ser nomeados pelos seus efeitos.

Assim, na hora de escolher, muito provavelmente você saberá os efeitos principais daquele cartucho pela embalagem. Os efeitos podem variar de relaxantes a estimulantes, induzir fome ou sono, e muito mais.

Além disso, embora tenha falado sobre cartuchos de THC em todo o post, cartuchos com outros componentes também existem e podem ser mais indicados para certos efeitos. Em geral, o consumo do THC puro pode ser menos saudável que seu consumo com outros componentes como o CBD.

Por isso, cartuchos com componentes específicos como THC + CBD existem. Mais indicado para usuários terapêuticos e medicinais, a proporção de THC para CBD pode variar bastante. Também é possível encontrar cartuchos de espectro completo, que se propõe a extrair em óleo todos os componentes terapêuticos da cannabis.

Esses óleos de espectro completo são os mais indicados para aproximar essa via de consumo ao consumo da erva tradicional. Além de CBD e THC, a erva também possui uma série de outros componentes que podem ter efeitos terapêuticos e também sinergéticos com os psicoativos da maconha. No entanto, esses cartuchos são mais difíceis de produzir, o que se reflete no preço e disponibilidade no mercado.

Gostou de conhecer sobre mais um tipo de vaporização? Já teve alguma experiência com vaporizadores de cartucho? Conte para a gente nos comentários!

Posts Recentes