Video da Comunidade - Sobre Vaporizadores de Ervas | Vaporizador de Ervas

Video da Comunidade – Sobre Vaporizadores de Ervas


Nosso querido amigo Zé Luís fez um bom vídeo explicativo sobre vaporizadores de ervas. Confira abaixo a transcrição completa do vídeo.

Sobre a diferença entre fumar e vaporizar ervas

Ola estou aqui para falar sobre vaporizador de ervas mas antes de tocar no assunto sobre vaporizadores de erva, vou falar sobre a diferença entre fumar e vaporizar.

Quando fumamos a gente queima a erva e com isto  tem a combustão que por sua vez produz a fumaça que inalamos. Na fumaça há vários elementos comprovadamente tóxicos como alcatrão, benzeno e muito outros mais. Só no alcatrão existem mais de 60 elementos cancerígenos que é um risco para sua saúde.

Quando se vaporiza, o aparelho esquenta o material a uma temperatura que cozinha todos os compostos ativo contidos na planta em um vapor sem queimar.

Então não tem combustão e nem fumaça. Apesar do vapor ser semelhante a fumaça ele não tem os elementos tóxicos encontrados nela. Resumindo vaporizando os efeitos nocivos da combustão são reduzidos ou eliminados. Ao contrário da fumaça que pode fazer mal a todas as pessoas mesmo em ambiente fechado, o vapor não faz mal algum e produz um aroma agradável no ambiente.

Conclusão evite a combustão, vaporize!!!!

Por isso que o vaporizador de ervas secas está ficando cada vez mais popular entre as pessoas que estão fugindo da combustão para preservar a saúde. Ele é um aparelho feito para vaporizar qualquer tipo de erva seca ou desidratada.

É formado por um circuito eletrônico que regula a temperatura e é alimentado por uma bateria ou por uma rede elétrica .Tem também uma câmara de aquecimento onde o material é cozido a uma temperatura pré estabelecida. A câmara  pode ser feita de aço, cerâmica, bronze ou quartzo.

E por último temos o bocal por onde o usuário inala o vapor. Ele pode ser feito de plástico resistente ao calor, bocais de plástico têm de ser feito de um material de boa qualidade do contrário ele pode passar o gosto de plástico para o vapor e rachar com pouco tempo de uso por causa do calor.

O preferido é o bocal de vidro que não passa gosto nenhum e ajuda a esfriar o vapor mas requer cuidado para não quebrar durante o uso, existe bocal de plástico e vidro e tem os de metal que precisa de uma luva de silicone para usar pq esquenta muito. Ultimamente tem surgido vaporizadores que estão usando a cerâmica que absorve bem o calor sem esquentar muito.

A vaporização da erva pode ser feita de 3 maneiras

Por Convecção onde a vaporização é feita sem que a  erva entre em contato com a fonte de calor, ela tem contato apenas com o ar quente produzido pela fonte, tem que moer a erva de uma maneira grosseira e deixá-la mais solta dentro da câmara para o ar passar livre  para produzir um vapor frio, saboroso e sem muito volume. A maioria deles é sob demanda pq a temperatura tem que subir muito rápido para obter o vapor.

Pode fazer a vaporização por Condução também, onde a erva está em contato direto com a fonte de calor, geralmente neste aparelho a resistência que esquenta o material está enrolada na parede da câmara, desta forma você pode moer mais a erva e deixar bem compactada dentro do forno, demora alguns segundos a mais para atingir a temperatura estabelecida e produz um vapor volumoso, quente e com pouco sabor.

E a forma Híbrida  é uma mistura das outras duas formas,com  vaporizadores híbridos apesar de ter a convecção você pode moer mais a erva e deixa-la bem compactada dentro da câmara que vai produzir um vapor volumoso, morno e mais saboroso que os vaporizadores de condução.

Em qualquer vaporizador evite de usar a erva muito moída tipo quase pó isto dificulta a produção de vapor.

Existem dois tipos de vaporizadores o portátil e o de mesa.

O portátil são pequenos para facilitar o usuário transportar com discrição e alguns  cabem na palma da mão, uns têm a bateria fixa e em outros  removível, geralmente dura de 40 a 60 minutos e podem ser recarregadas ligada no cabo USB  ou na rede elétrica com o adaptador.

Os de mesa são maiores o que dificulta o seu transporte é usado mais dentro de casa e em clínicas de aromaterapia, a câmara de aquecimento é maior e por isto pode ser compartilhado por duas ou mais pessoas, pode usar uma mangueira para inalar ou usar um balão e é ligado na rede elétrica.

Existe no mercado outros tipos de vaporizadores como o vape pen que é para vaporizar concentrados e cera tem também os Mod Box com atomizadores para vaporizar líquidos também conhecido como cigarro eletrônico. Atualmente a maiorias dos vaporizadores de ervas tanto os portáteis como os de mesa estão trabalhando com concentrados também e para isto vem junto com eles uma almofada de aço ou um pods para esta tarefa.

Espero ter ajudado com essas informações, obrigado por assistir o vídeo e até a próxima.

Deixe seu comentário abaixo e se inscrever no nosso canal do youtube.

Posts Recentes